Doença de Chagas ou Tripanossomíase americana

Compartilhe
Sex, 07/11/2008 - 19:03
Carlos Chagas / Fonte: www.fiocruz.br

Histórico
A doença de Chagas foi descoberta em 1909, pelo pesquisador brasileiro Carlos Chagas, quando este se encarregava de combater a malária no norte de Minas Gerais. A história da doença de Chagas envolveu uma tripla descoberta: Carlos Chagas identificou uma nova doença humana, identificou o protozoário causador desta doença e o inseto que o transmitia.
Características
A doença de Chagas é causada por um protozoário chamado Trypanosoma cruzi. Esse protozoário geralmente é transmitido ao homem por insetos -os triatomíneos- que são popularmente conhecidos como barbeiros. Os barbeiros são encontrados com freqüência em casas de taipa (construções de pau-a-pique barreadas) nas zonas rurais.
Transmissão
Os triatomíneos (ou barbeiros) se alimentam do sangue de alguns animais vertebrados, inclusive do homem. Esses insetos costumam defecar durante ou depois da alimentação. Se o inseto possuir o Trypanosoma cruzi em seu intestino, ao defecar ele irá eliminar o protozoário nas suas fezes. Quando a pessoa coça o local da picada, as fezes com o protozoário entram em contato com a ferida e o Trypanosoma cruzi pode então atingir as células do nosso corpo e o sangue.

O Barbeiro é o transmissor do protozoário que causa a doença de Chagas. / Fonte: http://nossabio.blogspot.com/2010/11/protozoarios-parasitas.html
Outras formas de transmissão
O Trypanosoma cruzi pode ser transmitido por transfusão sanguínea, caso a pessoa receba sangue contaminado com o protozoário. Cabe aos bancos de sangue a realização de exames rigorosos em todas as amostras de sangue que recebem. A transmissão por via oral também pode acontecer quando a pessoa ingere alimentos contaminados com fezes do barbeiro ou alimentos que foram moídos com os insetos, com a cana e o açaí, por exemplo. Há ainda a transmissão congênita, ou seja, de mãe para filho e por transplante de órgãos.
Sintomas
A doença apresenta uma fase aguda, com lesões localizadas, e outra crônica, que produz quadros clínicos variados e incuráveis e pode durar anos. A fase aguda caracteriza-se por febre, sensação de fraqueza, aumento do fígado e do baço. Na fase crônica ocorrem problemas cardíacos, como palpitações e aumento do volume do coração, alterações no sistema digestório, como aumento do esôfago e alterações no sistema nervoso.
Prevenção
Não existe vacina contra a doença de chagas. A principal forma de prevenção é o combate aos triatomíneos (barbeiros) e melhoria das habitações, substituindo as casas de pau-a-pique por moradias onde os barbeiros não encontrem condições para se implantar.
Distribuição
A doença de Chagas se encontra distribuída pelo continente americano, desde o sul dos Estados Unidos até o sul da Argentina e Chile.

Distribuição da Doença de Chagas pelo mundo. / Fonte: OMS