Produzindo e Pintando com Tintas Naturais

Com o intuito de demonstrar como são feitos os pigmentos, propomos testar diferentes processos de obtenção de colorações naturais. Foram utilizados folhas, flores, e frutos em processos muito simples, como cocção, infusão ou liquidificação. O principal objetivo é demonstrar as diferenças entre as tintas naturais e as tintas industriais e trabalhar o conceito dos pigmentos. Além de estudar algumas características de certos elementos que participam do processo de obtenção, como o vinagre, a pedra ume, limão. Depois da tinta feita, propomos pintura utilizando esponjas, canudos, e monotipia com folhas. Essa atividade também propõe integração com a horta do jardim do Espaço Ciência Viva, a idéia central é utilizar o que estiver disponível em nosso próprio espaço.

Quadra de pinturas. Acima e abaixo à esquerda:monotipia com folhas e abaixo à direita: técnica do "assopro com canudo"
Monotipia com folhas em papel canson
Monotipia com folhas em papel canson
Técnica  do "assopro com canudo" em papel cartão brilhoso
Mistura dessas duas técnicas
Técnica  do "assopro com canudo" em papel cartão brilhoso
Técnica do "assopro com canudo" em papel cartão brilhoso
Técnica do "assopro com canudo" em papel cartão brilhoso