Produzindo e pintando com tintas naturais: Beterraba

Com o intuito de demonstrar como são feitos os pigmentos, propomos testar diferentes processos de obtenção de colorações naturais. Foram utilizados folhas, flores, e frutos em processos muito simples, como cocção, infusão ou liquidificação. O principal objetivo é demonstrar as diferenças entre as tintas naturais e as tintas industriais e trabalhar o conceito dos pigmentos. Além de estudar algumas características de certos elementos que participam do processo de obtenção, como o vinagre, a pedra ume, limão. Depois da tinta feita, propomos pintura utilizando esponjas, canudos, e monotipia com folhas. Essa atividade também propõe integração com a horta do jardim do ECV, a idéia central é utilizar o que estiver disponível em nosso próprio espaço.

Para fazer a tinta de beterraba, você precisa de: 1 liquidificador, beterraba, cola, vinagre e água.
Descasque a beterraba.
Corte em pedaços e coloque dentro do liquidificador.
Coloque um pouco de água no liquidificador.
Coloque cola no liquidificador.
E depois, um pouco de vinagre.
Ligue o liquidificador por alguns minutos.
Com a ajuda de um filtro de café, passe o líquido pelo filtro.
Sua tinta de beterraba está pronta!