Astronomia sem Telescópio: Nascer e Por do Sol

Capa: Panorama do nascimento do Sol do Parque Astronômico La Punta.

Série AST: Astronomia sem Telescópio. Modelos.

Adaptado de Horacio Tignanelli, El Solar de las Miradas, no Parque Astronómico La Punta. PALP.

Se trata de dois artefatos de características similares, que foi idealizado para visualizar a região do horizonte onde ocorrem os nascimentos e poentes do Sol.

Um destes modelos se posiciona virado ao oriente, centrado no oeste, e o outro para o ocidente, centrado no leste.

Ambos possuem uma forma similar: o contorno do horizonte local é reproduzido sobre uma ripa de madeira e, por trás, pode-se deslocar um disco que representa o Sol sobre uma guia deste efeito.

Deste modo, pode-se posicionar exatamente onde o Sol nasce ou se põe no horizonte a cada dia do ano.

Além disso, se indica a posição da qual um observador vê recortado sobre o dorso da estrutura do modelo de nascimento ou do poente, o contorno da paisagem que esse observador possui sobre o horizonte, por trás do respectivo artefato.

Esquerda: Sol se põe no horizonte do El Solar de las Miradas e o modelo reproduz sua posição no horizonte artificial. Direita: Modelo de Horizonte de nascimento do El Solar de las Miradas. Ao fundo se vê o Sol móvel no banco da Constelação de Libra.

O disco solar móvel pode ser deslocado sobre a guia até certos limites, um à esquerda e outro à direita. Essas marcas mecânicas indicam posições especiais do disco solar, estão posicionados no anverso do horizonte, até um lado e outro do ponto cardeal que o identifica; ou seja, o leste no modelo de nascimento, e o oeste no modelo de poente.

Essas marcas assinalam o nascimento do Sol nas datas dos solstícios. Por exemplo, no modelo de nascimento, a marca posicionada ao norte do ponto cardeal leste, mostra onde surge o Sol no solstício de inverno; analogamente, a marca posicionada ao sul, mostra por onde surge no solstício de verão.

A distância entre cada marca e o ponto cardeal central de cada modelo, é idêntica. não obstante, são próprias de cada local, variam com a latitude do lugar; ou seja, se os modelos forem construídos em outros locais, as marcas deverão ser ajustadas às distâncias em que ocorrem os nascimentos e os poentes, nas datas de solstício, nesse lugar.

NO EL SOLAR DE LAS MIRADAS

Os modelos de nascimento e poente do El Solar de las Miradas foram construídos totalmente em madeira semidura (angico).

A tábua que representa uma fração do contorno do horizontal (tanto oriental como ocidental) possui 2,5 cm de espessura, 250 cm de comprimento e, em média, com 40 cm de altura (sobre esta se cortou o formato do horizonte visível).

Comparando aos Planetários digitais corresponde aos panoramas nas apresentações.

Esta tábua é sustentada por dois postes da mesma madeira, de seção quadrada de 10 cm de lado, 120 cm elevados sobre o nível da base e separados um do outro 190 cm.

O modelo de Sol que desliza nestes artefatos é um disco também de angico, possui 2,5cm de espessura e 30 cm de diâmetro.

Todos os materiais foram tratados especialmente para suportar a intempérie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.