Você também tem um pequeno lagarto em casa?!

Foto de capa: pele de pequeno lagarto.

Parceria entre Espaço Ciência Viva (Prof. Paulo Henrique Colonese) e FEUSP/Projeto Integrado de Estágio em Docência em Matemática e Ciências ( Profa. Raquel Milani e Profa. Martha Marandino). Colaboradora-autora: Maria Victória Aguirreeducadora, estudante do curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da USP e estagiária voluntária do Espaço Ciência Viva, 2020.

Se você quer  descobrir se tem ou não um pequeno lagarto em casa, tente desvendar essa adivinha:

“O que é o que é: um animal

que põe ovos, mas não é uma galinha, 

que tem pele escamosa, mas não é peixe,

que consegue andar pelas paredes, mas não é uma aranha,

e que consegue viver sem uma parte do seu corpo, sem ser uma barata?

Isso mesmo! É a lagartixa! A lagartixa-doméstica-tropical. 

Talvez você já tenha visto uma largatixa andando pelas paredes da sua casa ou da casa de algum amigo seu. Se você teve a oportunidade de ver uma bem de pertinho vai perceber que elas são até um pouco parecidas com os lagartos, isso porque eles são do mesmo grupo de animais!

Conheça TIXA e TUXA, as lagartixas aqui de casa

Elas sobem pelas paredes e tetos, e se agarram em diferentes superfícies, como a parede e madeira.

E eu acho que elas se assustaram, pois estavam batendo o coração muito forte (ou será que estavam ofegantes?).

Vou ter que estudar a anatomia delas. Se descobrir, me fala nos comentários.

Anatomia de Tixa (a fêmea)

O que será que está se mexendo dentro dela no meu filme?

Uma dica: olha o corpo da Tixa por dentro na imagem ao lado.

Elas são conhecidas como pequenos lagartos, lagartixas, e, em algumas regiões do Brasil, como taruíras, catongas, bríba, entre outros nomes. Mas vale lembrar que as lagartixas também podem morar em outros lugares na natureza, como escondidas em troncos de árvores ou embaixo de pedras.

Tixa, a largatixa da minha casa. (autora).

MINI LAGARTOS

Apesar de serem da família dos lagartos, as lagartixas domésticas são bem menores que eles: chegam a ter entre 2 e 17 centímetros (do tamanho de uma caneta).

Mesmo sendo pequenas, elas são bem resistentes, podendo viver em média 8 anos! Durante esse tempo de vida, é possível que as fêmeas tenham até duas ninhadas por ano, botando dois ovos a cada ninhada.

E assim, podem ter 8 x 2 x 2 ovos em toda a sua vida!

Os filhotes nascem depois de 42 dias, quase um mês e meio, e já podem sair correndo por aí!

Famintas iguais seus filhotes, as lagartixas comem muitos insetos que aparecem distraídos pelas paredes, principalmente à noite. Elas gostam de aranhas, baratas, centopéias, escorpiões e até mosquitos, como o transmissor da dengue, zicka e chikungunya, os mosquitos caseiros Aedes Aegypti.

Além de elas serem inofensivas – já que não tem veneno e não atacam humanos – elas ainda podem ajudar na proteção da sua casa!

Álex Henrique Nascimento dos Santos, Lagartixa (Hemidactylus spp) comendo grilo (Gryllu spp) .
CC BY-SA 4.0 <https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0>, via Wikimedia Commons

SUBINDO PELAS PAREDES

E se você já viu lagartixas capturando algum inseto pelos telhados e se perguntou como elas conseguem ficar tanto tempo grudadas em paredes e tetos, sem cair, eu te conto esse segredo!

Primeiro, os cientistas achavam que elas conseguiam ficar desse jeito por imaginar que elas tinham ventosas nas patas, mas isso foi logo descartado por um cientista curioso.

Depois descobriram que as suas mãos tem milhões de pequenos pelos que, quando tocam as paredes ou outros lugares, produzem um efeito que deixam elas grudadinhas! Elas conseguem até andar em lugares molhados!

Basile Morin, CC BY 4.0 <https://creativecommons.org/licenses/by/4.0>, via Wikimedia Commons. (detalhe foto). Disponível em https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Hemidactylus_frenatus_mating,_ventral_view.jpg

Lamelas (placas achatadas) nos pés e mãos de uma lagartixa. Crédito Matt Reinbold, FurryScaly, 2009. Fonte: Flickr do fotógrafo: https://www.flickr.com/photos/furryscalyman/3830578747/, In WIKIPEDIA. https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Lamellae.jpg

Os dedos das lagartixas são fantásticos. Espero que os cientistas desenvolvam uma luva tão agarradora como as mãos e pés dela! Pois também quero subir pelas paredes.

UM JEITO CURIOSO DE FUGIR DOS PREDADORES

Quando as lagartixas estão com medo de serem pegas por outros bichos, elas conseguem soltar um pedaço do próprio rabo!

O rabo continua se mexendo para distrair o outro animal, enquanto ela consegue fugir rapidinho. E o melhor de tudo: o rabo cresce de novo depois, mas cada vez menor! A capacidade de regeneração varia também se a lagartixa “soltou” o rabo ou se perdeu por outros motivos, como acidentes ou ataques de outros animais.

De qualquer modo, esse processo é muito estressante para elas.

Cuide bem de suas lagartixas caseiras!

O XIXI SÓLIDO

Outra coisa que descobri aqui em casa e estudando as lindas lagartixas, é que o xixi delas não é líquido, como o nosso, mas é sólido! Você pode ver, junto com o cocô que ela faz, uma pontinha branca em cima dele: aquele é o xixi! Mas ainda preciso estudar mais a digestão delas!

DE ONDE ELAS VIERAM?

As lagartixas domésticas são originárias da África, e devem ter chegado aqui em navios. E, como elas gostam muito de lugares quentes e úmidos, decidiram ficar por aqui também – se tornando muito populares.

Elas são muuuuito comuns no Brasil, e, mesmo assim, algumas pessoas ainda tem nojo ou medo delas, mas como você viu, elas são muito interessantes e ainda ajudam a controlar insetos e outros bichos em nossa casa.

ESTÁ CURIOSO, QUE TAL INVESTIGAR MAIS?

Além de observar as lagartixas aqui de casa, descobri muitas coisas pesquisando na Internet.

Você vai descobrir muito mais coisas.

Indico os seguintes sites que me ajudaram a conhecer as magníficas largatixas.

BIOFACES: Trazendo a Natureza pra perto! Lagartixa doméstica tropical. Clique aqui.

INSTITUTO BUTANTÃ. A Lagartixa leopardo come a própria pele. (vídeo). Clique aqui.

Não esqueça de contar aqui nos comentários as suas descobertas.

LAGARTIXARTE

E, se você não tem lagartixas na sua casa, não fique triste!

Você pode

  • recortar papéis em forma de lagartixa e colar na parede, Veja como fazer clicando aqui.
  • fazer lagartixas usando a técnica do papel maché. Veja como fazer clicando aqui.
  • e, seguindo as regras de cuidados com animais de sua cidade, você pode aprender alguns cuidados básicos de como cuidar de uma amiga lagartixa em sua casa! Para saber como cuidar delas clique aqui,

Nosso álbum de lagartixas

Mande fotos de suas lagartixas domésticas para nosso email museu@cienciaviva.org.br .

Vamos adorar publicar as fotos aqui!

4 Comments on “Você também tem um pequeno lagarto em casa?!”

  1. Adorei!!!
    Eu tenho umas quatro aqui em casa e duas são vivem dentro de casa e são como as que você possui, pois tem uma patinha arredondada.
    As outras duas vivem na varanda e são calangos com as patinhas que se assemelham a raizes. Adoro os meus Gecos

  2. Tenho uma vivendo no meu quarto , as vezes ela fica me encarando e mexendo o rabo … não sei se é ela com medo ou dando um oi kkk , mais volta e meia ela reaparece fazendo esse movimento .

  3. Esrou com uma lagartixa morando no meu banheiro tem uns 4 meses ja! Ela é pequenininha, tem uns 6cm, nao cresce (por isso vim pesquisar). Acho q ela ta achando q é dona do banheiro pq ta cada dia mais ousada a Marieta!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.