Esperançar por esse chão!

Capa: Vida, uma esperança brotando do chão. @jcomp – Freepik. Foto gratuita Freepik.

Vídeo sobre o samba-enredo em homenagem ao mestre Paulo Freire. Fonte: TVUFSCAR, 2020.

Transcrição e letra do samba-enredo.

Você vai conhecer agora um samba que virou tema do desfile do Bloco do Cupinzeiro em Campinas!

A música “Esperançar por esse chão” é uma homenagem ao educador Paulo Freire e teve a participação do professor Eduardo Souza, do Departamento de Artes e Comunicação da UFSCar.

O menino lê o mundo

olha o céu e risca o chão

traça a linha do horizonte

silencia, vai à fonte

dança solto na amplidão

Brinca, cante, segue, vive…

Vai crescendo homem livre…

Esse é o samba Esperançar Por Esse Chão, uma homenagem ao educador Paulo freire. Esse grande pesquisador, um grande gestor e um grande educador brasileiro que tem um grande valor não só no Brasil, como no mundo, então pra nós é importantíssimo fazer isso levar o Paulo Freire pra rua.

Cantar o Paulo Freire e celebrar a vida e a memória da obra dele é fundamental.

Em recife se fez mestre.

Em Angicos ele acende

Um farol que vai bem fundo.

Uma luz feita pro mundo

de uma nova educação.

O professor Eduardo Souza do Departamento de Artes e Comunicação da UFSCar é também um dos fundadores do Núcleo Cultural Cupinzeiro em Campinas e a música é tema do desfile de carnaval do Bloco Cupinzeiro. O Núcleo Cultural tem atividades durante todo o ano, mas no carnaval em 2003 surgiu a ideia de sair com um bloco pelas ruas de Barão Geraldo e surge o núcleo. Então, a gente começou a fazer isso e a gente percebeu que seria muito interessante levar temas para as ruas durante o carnaval, temas que pudessem propiciar uma reflexão uma ampliação dos olhares das pessoas referentes às questões culturais e questões educacionais como é o caso deste ano.

E pela música, a ideia é tocar os mais jovens sobre a história de Paulo Freire.

Tocar em aspectos e em dimensões humanas que só a arte é capaz, que o mundo sensível. Então, quando você fala de Paulo Freire através da arte, as pessoas se sensibilizam e vão querer entender quem é e aí o racional pode entrar no sentido da busca, da pesquisa de quem é Paulo Freire e do entendimento.

Vamos cantar a vida de novo.

Paulo Freire, morre não!

Educação e Paulo Freire deram um samba e dos bons.

Paulinho da Viola diz que o samba é a voz do conselho. O samba é como se fosse o aconselhador. Assim, então, eu acho bem interessante ouvir o samba a partir dessa perspectiva de que a partir do samba você olha com outra perspectiva para qualquer tema. E a Educação e Paulo Freire estão totalmente dentro, totalmente justos ali dentro dessa possibilidade.

Vamos reaprender o Brasil.

Vamos reencantar a Nação.

Vamos cantar a Vida de novo.

Paulo Freire, morre não!

Letra completa:

O menino lê o mundo,

Olha o céu e risca o chão.

Traça a linha do horizonte.

Silencia, vai à fonte.

Dança solto na amplidão

Brinca, canta, segue, vive

Vai crescendo o homem livre

Sob o sol de Jaboatão.

No Recife, se fez mestre.

Em Angicos, ele acende

Um farol que vai bem fundo

Uma luz feita pro mundo.

De uma nova educação

Canta a bela melodia

Traz a velha fantasia

Rompe com qualquer prisão.

Sua voz se faz canção

Seu olhar abre horizontes

Guarda a fonte da semente

Vive o mestre em quem aprende

“esperançar” por esse chão.

Vamos reaprender o Brasil

(“esperançar” por esse chão)

Vamos reencantar a nação

Vamos cantar a vida de novo

Paulo Freire, morre não!”

2 Comments on “Esperançar por esse chão!”

  1. PARABÉNS PELA BELA CANÇÃO!!!! PAULO FREIRE VIVE EM NOSSO FAZER ENQUANTO EDUCADORES QUE SOMOS. VAMOS ESPERANÇAR POR TEMPOS MELHORES!!!!
    PREPARANDO MINHA AULA PARA A SEMANA E COM CERTEZA APRESENTAREI ESSA HOMENAGEM POTENTE AOS MEUS ESTUDANTES DO CIEJA ITAQUERA!!!
    GRATIDÃO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.