MusiCiência: SPUTNIK

Capa: Réplica do Sputnik 1, NSSDC/NASA. In Wikimedia Commons. Licença Dedicação de Domínio Público.

Banda: Public Service BroadCasting. Sputnik, 2013.

Composição: Public Service Broadcasting / J. Willgoose Esq. Gravado em Jacamar Studios, Londres.

Em 4 de outubro de 1957, logo após a meia-noite, horário local, a estepe deserta perto de Tiuratam, no centro do Cazaquistão, acendeu-se quando os motores de foguetes de um MBI convertido avançaram para o céu noturno. Após 5,6 minutos de voo, um mecanismo de ar comprimido separou uma pequena carga útil do foguete, enviando-a em uma trajetória elíptica ao redor do nosso planeta. Esta foi a aurora da era espacial. A antiga União Soviética havia colocado com sucesso em órbita o primeiro objeto feito pelo homem. O Sputnik-1 (Satélite-1) , como todos vieram a conhecer o primeiro satélite artificial da Terra, não foi apenas uma conquista científica e técnica importante, mas também um marco histórico importante que sinalizou o início da exploração do espaço pelo homem e moldou muitos eventos sociais e políticos durante o restante do século XX.

Sputnik and Amateur Radio, 2007. In Wikipedia.

SPUTNIK e TELESCÓPIO LOVELL

Sputnik Zemlyi foi o primeiro satélite artificial da Terra. Lançado em 4 de outubro de 1957 pela União Soviética, o triunfo da Engenharia acendeu centelhas de alegria em algumas partes do mundo, e medo em outras, que viam os Estados Unidos serem derrotados pelos Soviéticos na chegada ao espaço.

A data marcou o início da Era Espacial, quando a União Soviética lançou com sucesso o Sputnik I.

O Telescópio Lovell no Jodrell Bank Observatory era o maior radiotelescópio do mundo e o único dispositivo que poderia rastrear o foguete porta-aviões do Sputnik. O telescópio Lovell pegou o Sputnik em 11 de outubro de 1957 – no aniversário dessa data em 2015, o Public Service Broadcasting filmou o vídeo para ‘Sputnik’ em frente à estrutura icônica. O vídeo celebra o lançamento do primeiro satélite em órbita terrestre e destaca o papel do telescópio Lovell na história da exploração espacial.

SPUTNIK

This is the beginning of a new era for mankind
The era of man’s cosmic existence
You will now hear the voice of the Russian moon
Russian moon, moon, moon…

Este é o início de uma nova era para a humanidade.
A era da existência cósmica do ser humano.
Agora você vai ouvir a voz da Lua russa.
Lua russa, lua, lua...

[Comunicação indecifrável com o Sputnik]

All over the world, people are tuning in to the ‘bleep bleep bleep’ of the satellite.

A dream cherished by men for many centuries comes true on October the 4th, 1957

Em todo o mundo, as pessoas estão sintonizando o "bip bip bip" do satélite.
Um sonho acalentado pelos homens por muitos séculos se torna realidade em 4 de outubro de 1957.

The man made celestial body, for the first time in history
Overcame terrestrial gravity and flew into space
All men of all nations recognise this as a great achievement
In an age where the race to conquer space has become an all-absorbing factor.

O homem feito de corpo celeste, pela primeira vez na história,
Superou a gravidade terrestre e voou para o espaço.
Todos os homens de todas as nações reconhecem isso como uma grande conquista.
Em uma época em que a corrida para conquistar o espaço se tornou um fator envolvente.

The era of man’s cosmic existence.

A era da existência cósmica do homem.

Will the bleep of the satellite bring people closer together in a common understanding?
All of the Earth shrinks, the universe stretches forth its beckoning hand in a gesture to all mankind
To all mankind, to all mankind…

O bip do satélite aproximará as pessoas em um entendimento comum?
Ou conforme a Terra encolhe, o universo estende sua mão acenando em um gesto para toda a humanidade,
toda a humanidade, toda a humanidade...

We have added a new word to our vocabulary: Sputnik,
Sputnik, Sputnik, Sputnik, Sputnik…

Adicionamos uma nova palavra ao nosso vocabulário: Sputnik,
Sputnik, Sputnik, Sputnik, Sputnik ...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.