Jogos Matemáticos: o Prazer da Criação e da Descoberta em Froebel

Paulo Henrique Colonese (Coordenador) , Hugo Nascimento dos Santos (mediador voluntário).

“As crianças não devem ser criadas de acordo com os padrões atuais, mas possivelmente para uma condição futura melhor da raça humana. ”

Friedrich Froebel, inventor do jardim de infância.

Friedrich Wilhelm August Froebel (1782–1852) é um dos primeiros a considerar um espaço exclusivo para a educação da criança: o “Jardim de Infância”, usando a metáfora

  • das crianças como “sementes”;
  • do professor como “jardineiro”
  • e do Jardim como uma “república para o exercício da liberdade e autonomia” da criança.

Frederick Froebel, retrato de cabeça e ombros, voltado para a frente. Litografia, Syracuse, NY: CW Bardeen, Publisher, c1897. Acervo Library of Congress. Licença de Domínio Público.

Uma grande contribuição de Froebel para o ensino nos anos iniciais é sua valorização do jogo e da brincadeira como atividades promotoras do desenvolvimento infantil. Pode se considerar o Jardim de Infância como uma possível concepção e um possível modelo para um laboratório de ensino e aprendizagem, com um acervo cuidadosamente selecionado de jogos, brincadeiras e atividades voltadas à Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental.

O site “Froebel’s Gifts” apresenta os dois princípios utilizados para planejar este ambiente:

  • a criatividade como essência da natureza humana;
  • e o jogo como motivador da aprendizagem.

Criar e Jogar: Duas Essências da Aprendizagem.

Os seres humanos são seres criativos:
de uma perspectiva espiritual, o que nos separa de outras formas de vida é que nós alteramos o nosso ambiente. E, portanto, uma educação verdadeira deve ajudar as crianças a compreender seu papel como seres criativos.
O jogo é o motor da aprendizagem real: jogar não é um comportamento anômalo, mas um imperativo biológico para descobrir como as coisas funcionam. É uma atividade prazerosa, mas biologicamente proposital. Froebel pretende fortalecer este impulso e focar a energia infantil para o jogo sobre atividades específicas elaboradas para levá-las a criar significados para suas experiências.
(FROEBEL’S GIFTS Site, s/p, tradução e grifos próprios).

Froebel, muito antes das Teorias de Desenvolvimento de Piaget, apresenta uma sequência de fases bastante clara de como ir do objeto físico sensorial ao objeto conceitual, passando por ações sobre diferentes elementos: objetos físicos, imagens, símbolos e ideias.

Froebel descreve em 1826, também, três critérios para a seleção de jogos e brincadeiras que ele utilizou para compor o acervo de materiais didáticos em seu Jardim de Infância: criatividade, familiaridade e estruturas conceituais:

  • o jogo deve possibilitar a criatividade (mudança de regras, criação livre, novas associações simbólicas, etc.).
  • o jogo deve lidar com coisas familiares à criança (ou que elas possam facilmente incorporar ao seu universo familiar).
  • o jogo deve possibilitar a investigação de ideias e conceitos de modo estruturado (revelar as estruturas conceituais da área de conhecimento).

Os jogos selecionados por Froebel – em sua maioria quebra-cabeças – podem ser usados para estabelecer visualmente várias relações quantitativas entre as partes e o todo a partir da construção e imaginação da criança.

Escada do Conhecimento Froebeliana

De objetos [sensoriais] à figuras [representações gráficas];

De figuras a símbolos;

De símbolos a ideias,

formam [os degraus] da escada do conhecimento.

(FROEBEL GIFTS, Froebel Educational Philosophy, 2003, tradução própria).

Com estas perspectivas estabelecidas por Froebel, podemos então refletir sobre os critérios de seleção e os objetivos educacionais envolvidos nos diferentes jogos, brincadeiras e recursos educativos utilizados em um Laboratório de Ensino de Matemática ou em sala de aula.

A estratégia de utilização de jogos culturais ou didáticos para promover aprendizagens matemáticas não é uma tarefa educativa fácil, mas permite integrar várias emoções básicas para todo o processo de aprendizagem, como a dúvida, a curiosidade, a surpresa e o espanto.

São estas emoções que mantêm o prazer das descobertas e a persistência para “tatear” pelo desconhecido ou incompreendido.

Os jogos selecionados

Em 21 de abril de 2022, comemoraremos o 240º aniversário de Friedrich Froebel, um bom motivo para celebrar esse educador com uma série de investigações matemáticas para todas as idades.

Convidamos você a participar conosco, em 2022, das Aventuras Matemática Viva com atividades desenvolvidas para investigar vários jogos culturais ou educativos.

As Aventuras Matemática Viva vão iniciar com investigações com o encantador Tangram Chinês, um jogo cultural de composição e decomposição de áreas e criação de silhuetas.

As sete peças do Tangram Chinês.

Referências

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.