Murais Marinhos: Baleia de Bryde

Baleia de Bryde, por Chris Konecki (EUA).

Vamos conhecer e mergulhar no Mural-Poster Bryde Whale apresentado pelo Projeto Sea Walls.

O mural foi desenvolvido em março de 2016, pelo artista Chris Konecki para a cidade de Napier, na Nova Zelândia. Apresentamos abaixo uma pequena biografia da artista e também a apresentação do mural feita pelo projeto Sea Walls em sua série de cadernos para colorir dos murais selecionados nos oito anos do projeto.

O Artista

Chris Konecki.

Konecki é autodidata e está sempre experimentando.

Ele é conhecido por criar grandes murais em grafite e belas obras de arte, incluindo pinturas e esculturas em miniatura, bem como várias instalações locais públicas e privadas.

A obra de Konecki explora a consciêntização social, geralmente irreverente e focado em assuntos que são, ao mesmo tempo, sérios e absurdos.

Seu uso de objetos encontrados e “reaproveitados” em sua obra defende uma reavaliação de ideais típicos de função e beleza.

Elementos da natureza frequentemente colidem com duras paisagens urbanas e elementos da arte de rua e do grafite, simbolizando a luta contínua entre a convivência harmoniosa dessas duas forças monumentais dos espaços urbanos públicos.

Tema do mural: Mamíferos Marinhos ameaçados de extinção

O oceano ao redor da Nova Zelândia abriga um elenco diversificado de mamíferos marinhos, com avistamentos de quase metade dos cetáceos do mundo (baleias, botos e golfinhos). Nos últimos dois séculos, baleeiros comerciais e seladores reduziram as populações de muitas espécies de baleias grandes, como a baleia Bryde, criticamente ameaçada. 

Estima-se que apenas 140 indivíduos permaneçam em águas da Nova Zelândia. Atualmente, muitas espécies de mamíferos marinhos enfrentam ameaças adicionais, incluindo a degradação de seu habitat, greves de navios, mudanças climáticas globais, a captura em operações de pesca, emaranhamento em redes e poluentes nos oceanos.

Clique aqui https://www.doc.govt.nz/nature/native-animals/marine-mammals/ para saber mais sobre os mamíferos marinhos ameaçados de extinção da Nova Zelândia.

Fonte: Creative Coloring, SeaWalls. Pangeaseed Foundation.

Tome uma atitude!

Se você não mora na Nova Zelândia, descubra quais mamíferos marinhos estão em risco de onde você mora. O litoral do estado do Rio de Janeiro é rico em espécies marinhas, incluindo baleias.

Acervo Inaturalist, © blackdogto, Alguns direitos reservados (CC-BY-NC)

Descubra as atividades e recursos educativos disponibilizados pelos projetos:

NOAA Marine Mammal Education Resources (USA)https://www.noaa.gov/education/resource-collections/marine-life/marine-mammals

Protecting Our Marine World Educational Resources (New Zealand). https://www.doc.govt.nz/get-involved/conservation-education/resources/protecting-our-marine-world/

Apoie parques nacionais e santuários marinhos que trabalham para proteger espécies ameaçadas, visitando-as e se voluntariando.

Declaração do Artista

Cabe a nós sermos os gestores e cuidadores do oceano. A obra de arte, retratando uma baleia Bryde em extinção com sua cabeça na forma de um navio de pesca local, é destinada a mostrar a relação entre a humanidade e a natureza, enquanto estão conectados e presos pela competição por recursos.

Uma causa brutal de morte de baleias Bryde são os ataques de navios. As baleias passam a maior parte do tempo próximas à superfície oceânica, onde grandes navios de carga trafegam.

Na cidade de Auckland, em um exemplo de ação local, eles reduziram a velocidade dos navios em apenas 5 km/h, iniciaram o uso de detecção térmica e um processo de condensação das rotas de navegação, resultando em uma redução de 75% nas mortes das baleias.

É um ótimo começo e mostra como pequenas mudanças e uma compreensão básica do oceano podem levar a um planeta mais saudável. Chris Konecki.

A Fantástica Baleia de Bryde

Acervo Inaturalist, muangpaisuetrong. Licença CC BY-NC.

As baleias de Bryde (Balaenoptera edeni) recém-nascidas têm cerca de 4 metros de comprimento e pesam cerca de 700 quilos.

Pelas barbas da baleia!

As barbas ou cerdas bucais são longas placas que auxiliam na filtragem de alimentos da água. A quantidade de “barbas” pode variar entre 250 e 370 em cada lado, de tamanho variável, e têm uma coloração cinzenta. As baleias de Bryde alimentam-se de pequenos peixes pelágicos e dos crustáceos “krill”. A sua técnica de alimentação é, principalmente, nadar rapidamente em direção aos aglomerados de presas. 

A longevidade é desconhecida nesta espécie. 

Acervo Inaturalist, hokoonwong, Licença CC BY-NC 4.0.

As baleias-de-Bryde receberam esse nome em homenagem ao norueguês Johan Bryde, pioneiro no desenvolvimento da estação de caça à baleias na África do Sul, no início do século XX.

As baleias de Bryde ocorrem em todos os oceanos, em águas tropicais e temperadas. Podem ser confundidas com baleias sardinheiras (Balaenoptera borealis), no entanto esta última pode ser reconhecida pela presença de apenas uma crista na cabeça em vez de três.

As baleias de Bryde presentes nos Açores parecem possuir uma maior área branca no ventre e parte ventral dos flancos, do que as sardinheiras. Observadas à distância, poderá ser impossível reconhecer entre estas duas espécies.

Baleia-de-Bryde (Balaenoptera edeni). Acervo Inaturalist, © irenek, CC-BY NC-4.0.

A ameaça á espécie

Infelizmente, como todo ser marinho, ela ainda sofre ameaças apesar de moratória à caça que ocorreu em 1986. Elas foram extensivamente caçadas em todo o mundo por décadas, inclusive no Brasil, para fins comerciais.

Ilhabela, no litoral norte de São Paulo, era no passado uma ilha com armação baleeira. 

Atualmente, as ameaças são outras, todas feitas pelo homem, pois sofrem desde capturas ‘acidentais’ em redes de pesca, como as redes de emalhe – que coletam tudo indiscriminadamente, passando pelo efeito do uso de sonar por petroleiras, tráfego de embarcações até a degradação do habitat natural decorrente do desenvolvimento não sustentável de cidades.

Mergulhe e se encante com essa belíssima espécie de Baleia de Bryde

Pôster para colorir

https://www.instagram.com/p/B_Dr1MUjZtw/

Pôster para colorir, Pangea Seed.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.