Viral: Construa um capsídeo do Vírus HIV

Capa: Vírus da imunodeficiência humana (HIV), Stephen Fuller. Acervo Wellcome Images. Licença CC-BY-4.0).

Os vírus vêm em muitas formas e tamanhos, desde simples “conchas” de proteínas cheias de RNA ou DNA até partículas envoltas em membranas que rivalizam com as células em complexidade.

 O HIV é um desses vírus complexos, cercado por uma membrana e preenchido com uma coleção diversificada de moléculas virais e celulares.

O genoma do HIV é composto por duas fitas de RNA, e fica empacotado dentro de um capsídeo em forma de “cone” modificado, que protege o RNA e o entrega às células que o HIV infecta.

Construa o modelo

Para construir este modelo de papel do capsídeo do HIV, baixe e imprima o modelo em PDF.

Tente imprimir em uma folha A de tamanho A3.

As instruções para corte e montagem estão incluídas no pdf (em inglês) e traduzidas abaixo.

Para construir um capsídeo de HIV com um aumento de 1.000.000 vezes, corte o modelo, dobre ao longo das linhas pontilhadas e cole as abas cinzas. Acrescente dois pedaços de barbante dentro, cada um com 3,3 metros de comprimento para modelar as duas fitas de RNA.

Desafio Viral

Como um desafio extra para o modelo, tente montar (colar) as partes do modelo sem fazer as dobras nas linhas pontilhadas para obter um modelo mais arredondado e mais similar ao capsídeo real.

Vídeo sobre a Montagem

Poster de HIV

Maturação do HIV, ciclo de vida viral do HIV, ilustração . David S. Goodsell, Instituto de Pesquisa Scripps . Acervo Wellcome Images. Licença CC-BY-4.0.

Aquarela e tinta sobre papel ilustração da maturação do HIV. Depois que as partículas de vírus totalmente montadas são liberadas de uma célula-alvo infectada (geralmente células T CD4, um tipo de glóbulo branco encontrado no sistema imunológico), elas passam por um processo de maturação para se tornarem partículas virais totalmente infecciosas. Duas partículas de vírus (virions) são visíveis aqui: um virion imaturo em processo de maturação (canto inferior esquerdo) e um virion quase maduro (canto superior direito). A protease do HIV (vermelho escuro; pequenas moléculas visíveis no vírion em maturação) cliva as proteínas Gag e gag-pol em proteínas funcionais. A largura da imagem é de aproximadamente 100 nm. Esta imagem faz parte de uma série de ilustrações que capturam o HIV em oito pontos diferentes do ciclo de vida viral, à medida que infecta uma célula e se replica.

Conexão ao HIV, Ciclo de vida viral do HIV, ilustração . David S. Goodsell, Instituto de Pesquisa Scripps . Acervo Wellcome Images. Licença CC-BY-4.0.

Ilustração em aquarela e tinta sobre papel de uma seção transversal através de uma partícula do vírus HIV (Direita; vermelho e roxo) ligada a uma célula-alvo hospedeira (esquerda; azul e verde), por exemplo, uma célula T CD4, um tipo de glóbulo branco encontrado no sistema imunológico. Tanto o vírus quanto a célula-alvo são cercados por membranas separadas (branco/cinza; forma circular) e o plasma sanguíneo é visível entre os dois (amarelo e marrom). Três glicoproteínas do envelope do HIV (roxo; estendem-se para fora do vírus e parecem árvores enraizadas na membrana) ligam-se a proteínas (receptor CD4 e co-receptor CCR5) na superfície da célula alvo. Isso causa uma mudança na conformação que insere peptídeos de fusão na membrana celular. A largura da imagem é de aproximadamente 100 nm.

Para saber mais sobre o HIV

Doenças no Portal Fiocruz AIDS: https://portal.fiocruz.br/doenca/aids

Revista POLI (Fiocruz): 40 anos da pandemia da AIDS. https://www.epsjv.fiocruz.br/sites/default/files/revista_poli_-edicao_80-_web.pdf

Jogo de Tabuleiro HIV/AIDS, Instituto Butantan. https://butantan.gov.br/assets/arquivos/Atracoes/museu_de_microbiologia/materiais_educativos/jogos/Jogo%20de%20Tabuleiro%20HIV_Aids%20final.pdf

Participe das campanhas do Dia Mundial de Luta contra a AIDS (1o. de dezembro)

Tema 2022: EQUIDADE JÁ!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.