MusiCiência: Orinoco flux

Capa: Delta Orinoco, Venezuela. Rich Childs. Acervo Flickr. Licença CC-BY-NC-ND-2.0.

Orinoco flow

Orinoco é um rio da Amazônia e seu nome significa “o lugar para nadar”, já que não há répteis nativos ou vida marinha como piranhas ou crocodilos perto de sua costa oceânica ou em suas águas.

Compositores: Roma Ryan, Enya, Nicky Ryan.

Álbum: Orinico Flow, 2009.

Letra

Let me sail, let me sail,

let the Orinoco flow

Let me reach, let me beach

on the shores of Tripoli

Let me sail, let me sail,

let me crash upon your shore

Let me reach, let me beach

far beyond the Yellow Sea

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

From Bissau to Palau in the shade of Avalon

From Fiji to Tiree and the isles of Ebony

From Peru to Cebu, feel the power of Babylon

From Bali to Cali, far beneath the Coral Sea

Turn it up, turn it up, turn it up

Turn it up, turn it up, turn it up

Turn it up, turn it up, turn it up

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

From the North to the South, Ebudau unto Khartoum

From the deep sea of clouds to the island of the Moon

Carry me on the waves to the land I’ve never been

Carry me on the waves to the land I’ve never seen

We can sail, we can sail with the Orinoco flow

We can sail, we can sail

Sail away, sail away, sail away

We can steer, we can near with Rob Dickins at the wheel

We can sigh, say goodbye, Ross and his dependencies

We can sail, we can sail

Sail away, sail away, sail away

We can sail, we can sail

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Sail away, sail away, sail away

Deixe-me navegar, deixe-me navegar,

deixe o Orinoco fluir

Deixe-me alcançar, deixe-me encalhar

nas margens de Trípoli

Deixe-me navegar, deixe-me navegar,

deixe-me bater em sua costa

Deixe-me alcançar, deixe-me encalhar muito além do Mar Amarelo

Navegue, navegue, navegue,

navegue, navegue, navegue,

navegue, navegue, navegue,

navegue, navegue, navegue,

navegue, navegue , navegue,

De Bissau a Palau, nas sombras de Evalon,

De Fiji a Tiree e as ilhas de Ébano

Do Peru a Cebu, sinta o poder da Babilônia

De Bali a Cali, muito abaixo do Mar de Coral

Aumente, aumente, aumente

Aumente, aumente, aumente

Aumente, aumente, aumente

Navegue para longe, navegue para longe, navegue para longe

Navegue para longe, navegue para longe, navegue para longe

Navegue para longe, navegue para longe, navegue para longe

Navegue para longe, navegue para longe, navegue para longe

Do Norte para o Sul, Ebudau até Cartum

Do profundo mar de nuvens até a ilha da Lua

Leve-me nas ondas para a terra onde nunca estive

Leve-me nas ondas para a terra que nunca vi

Podemos navegar, podemos navegar com o Fluxo do Orinoco

Podemos navegar, podemos navegar

Navegar para longe, navegar para longe, navegar para longe

Podemos navegar, podemos nos aproximar com Rob Dickins ao volante

Podemos suspirar, dizer adeus, Ross e suas dependências

Podemos navegar, podemos navegar

Navegar para longe , navegar para longe, navegar para longe

Podemos navegar, podemos navegar

Navegar para longe, navegar para longe, navegar para longe

Navegar para longe, navegar para longe, navegar para longe

Navegar para longe, navegar para longe, navegar para longe

Navegar para longe, navegar para longe, navegar para longe

Navegar para longe, navegar para longe, navegar para longe

Navegar para longe, navegar para longe, navegar para longe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.