Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Dia Internacional de Tolerância Zero à Mutilação Genital Feminina

fevereiro 6

Juntos, podemos eliminar a mutilação genital feminina até 2030. Isso terá um efeito cascata positivo sobre a saúde, a educação e o progresso econômico de meninas e mulheres. Secretário-Geral da ONU António Guterres

A mutilação genital feminina (MGF) compreende todos os procedimentos que envolvem a alteração ou lesão da genitália feminina por motivos não médicos e é reconhecida internacionalmente como uma violação dos direitos humanos, da saúde e da integridade de meninas e mulheres.

As meninas que se submetem à mutilação genital feminina enfrentam complicações de curto prazo, como dor intensa, choque, sangramento excessivo, infecções e dificuldade de urinar, bem como consequências de longo prazo para sua saúde sexual e reprodutiva e saúde mental.

Embora concentrada principalmente em 30 países da África e do Oriente Médio, a mutilação genital feminina é um problema universal e também é praticada em alguns países da Ásia e da América Latina. A mutilação genital feminina continua a persistir entre as populações de imigrantes que vivem na Europa Ocidental, América do Norte, Austrália e Nova Zelândia.

Para promover a eliminação da mutilação genital feminina, esforços coordenados e sistemáticos são necessários, e eles devem envolver comunidades inteiras e enfocar os direitos humanos, igualdade de gênero, educação sexual e atenção às necessidades das mulheres e meninas que sofrem com suas consequências.

Em 2012, (A/RES/67/146) a Assembleia Geral da ONU designou o dia 6 de fevereiro como o Dia Internacional da Tolerância Zero à Mutilação Genital Feminina, com o objetivo de ampliar e direcionar os esforços para a eliminação dessa prática.

Em 2021, o Programa Conjunto UNFPA-UNICEF sobre a Eliminação da Mutilação Genital Feminina e o Comitê Interafricano de Práticas Tradicionais (IAC) lançam em conjunto o tema:

“Não há tempo para a inação global, união, financiamento e ação para acabar com a genitália feminina Mutilação.”

Muitos países estão passando por uma “crise dentro da crise” devido à pandemia, incluindo um aumento na mutilação genital feminina. É por isso que as Nações Unidas apelam à comunidade global para reimaginar um mundo que permita que meninas e mulheres tenham voz, escolha e controle sobre suas próprias vidas.

Faça parte da conversa online e participe nas redes sociais utilizando o material oficial.

Compartilhe #Act2EndFGM!

https://www.unfpa.org/international-day-zero-tolerance-female-genital-mutilation

Detalhes

Data:
fevereiro 6
Categorias de Evento:
, ,

Local

Planeta Terra
Sistema Solar, 3o, planeta. + Google Map
Ver site do Local

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.